quarta-feira, dezembro 12, 2012

o exercício da gratidão

Os últimos tempos não têm sido fáceis, tem sido desafio atrás de desafio... quando ultrapasso um, cai outro em cima e parece que não há descanso. E há dias que me vou mesmo a baixo, e me faço de mariquinhas e procuro o colinho da família e dos amigos com olhinhos de carneiro mal morto à procura de validação. Normalmente tenho todo o carinho e a validação de que preciso. Embora isto me faça ficar de cara alegre muito mais depressa, e seja meio caminho andado... há uma parte que tenho de ser eu a fazer. E é aqui que entra o exercício de gratidão. É tão fácil cair nesse vazio de achar que está tudo contra nós, de achar que estamos a cumprir um castigo por algo de errado que fizémos, que acabamos por não ver as coisas boas que temos na vida. E por isso aqui algumas das coisas pelas quais estou grata.

- estou grata pela minha família, que com todos os erros que possa ter tem crescido e melhorado. somos todos melhores do que já fomos.
- estou grata pelos meus amigos, que são lindos e estão lá sempre por mim... nos bons, nos maus e nos momentos mais ou menos.
- estou grata por ter um trabalho remunerado, com todas as incertezas e mesmo na aproximação de desemprego
- estou grata por ter saúde para trabalhar
- estou grata por nunca ter estado sem trabalhar
- estou grata por sempre ter feito aquilo que gosto - investigação, fotografia
- estou grata por ter o meu trabalho reconhecido e ter pessoas que continuam a apoiar e a preocupar-se comigo a nível profissional
- estou grata pela minha casa e carro e por todo o conforto que me proporcionam
- estou grata por ter a companhia do meu gato, que me aquece os pés e me recebe todos os dias em casa com alegria
- estou grata por ver crescer o meu sobrinho
- estou grata por poder continuar a descobrir coisas nas pessoas que me rodeiam
- estou grata por ter uma árvore de Natal com luzinhas
- estou grata por ter uma cama fofinha onde dormir quentinha
- estou grata por tudo o que passei, fez de mim uma pessoa mais forte
- estou grata por ter comida na mesa
- estou grata por ainda poder ir ao ginásio e sentir-me mais saudável
- estou grata por todas as oportunidades que me foram dadas
- estou grata por ter nascido neste país (apesar de tudo)
- estou grata por conhecer pessoas tão especiais na minha vida e por tudo o que aprendo com elas
- estou grata por aprender coisas novas todos os dias
- estou grata por ter gelado de menta no congelador
- estou grata por continuar a ver um sorriso no espelho
- estou grata por ter poucos cabelos brancos e poucas rugas
- estou grata por ter o meu peso (aha ;)... não sei qual é, mas está muito bem assim)
- estou grata por poder usar lentes de contacto
- estou grata por ter tido a oportunidade de viajar pelos 4 continentes
- estou grata por ter um livro na mesa de cabeceira
- estou grata por ter tido a oportunidade de tirar um curso e um doutoramento
- estou grata por a minha mãe continuar a não saber fazer bolo enqueijado como eu gosto, porque ela continua a tentar
- estou grata por me sentir segura quando passeio na rua
- estou grata por poder ligar o aquecedor
- estou grata por me ter lembrado de fazer este exercício
- estou grata por ter um computador onde escrever estas "baboseiras"


6 comentários:

Ana Rita disse...

Estou grata por ter lido este texto e sorrir, porque também estou grata de muita coisa que está aqui escrita :)Obrigada Lia.

Geri disse...

Gostei tanto deste texto, fez-me sorrir e pensar nas coisas pelas quais também sou grata.
E uma delas é estar grata por um dia ter descoberto este blog e ter-te "conhecido" a ti.

li@ disse...

Vocês são lindas ;)... estou muito grata pelas vossas palavras. beijinho

violet disse...

Tantas coisas boas :) tenho que fazer isso! Para começar... Grata pela ideia e por ter uma amiga como tu ;) Beijinhooo

Miú Segunda disse...

Não são baboseiras! :)))
Devemos realmente estar gratas por estarmos vivos...

Merenwen disse...

Segunda vez que me fazes sorrir hoje! é verdade, tanta coisa boa que por vezes nem reparamos como devia ser. ..