quarta-feira, abril 22, 2009

estou em falta

Há coisas que não se podem deixar de escrever, ou melhor, há agradecimentos que não se podem deixar de fazer, há sentimentos que se têm de valorizar e há também fragilidades que se devem partilhar... porque nos tornam mais humanos e mais fortes. Quando a vida nos dá uma lição daquelas é bom ter amizades que nos entendam, que não nos recriminam, que acreditam em nós e que aceitam a nossa decisão. Eu talvez não tenha sido tão boa a fazer este papel, quando um dia estive do outro lado. Sem dúvida aprendi uma lição. A minha vida pode já não ser tão perfeita, mas é sem dúvida muito mais rica. Obrigada. Vocês sabem.

4 comentários:

L. disse...

Minha querida, ao contrário do que tu julgas, sempre estiveste lá quando era suposto, sem recriminações, a contribuir com a tua opinião...

Lembro-me de um caso em específico (no Starbucks, lembras-te?) em que o facto de discordares de mim me abriu portas para ver as coisas de outra forma...

Por isso, porque a amizade também é chamar a atenção quando o outro está errado, tu és amiga daquelas de levar pela vida fora. Aí sim, espero que estejas lá!

Love u!

li@ disse...

e a lágrima ao canto do olho?! não se faz, pá.

anareis disse...

Estou fazendo uma campanha de doações para meu projeto da minibiblioteca comunitária e outras atividades para crianças e adolesçentes na minha comunidade carente aqui no Rio de Janeiro,preciso da ajuda de todas as pessoas de bom coração,pode doar de 5,00 a 20,00. Doações no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3 Que DEUS abençõe todos nos.Meu e-mail asilvareis10@gmail.com

Sofia disse...

Estiveste sim. Nem sempre são precisas muitas palavras, sabes?

;)

Gosto muito de ti! :)